loading...

Justiça suíça abre processo a Blatter e envolve Platini

O Ministério Público da Suíça abriu um processo criminal ao presidente da FIFA, Joseph Blatter, e implicou o líder da UEFA, Michel Platini, no escândalo de corrupção que abala o organismo que tutela o futebol mundial. Em comunicado, a procuradoria suíça esclarece que abriu um processo criminal contra Blatter "por suspeita de má gestão e apropriação indevida".

Neste processo, também está envolvido Platini, candidato à sucessão de Blatter nas eleições de Fevereiro na FIFA, por, alegadamente, ter recebido do suíço "um pagamento ilegal" de dois milhões de francos suíços (cerca de 1,8 milhões de euros). Ambos já foram ouvidos.

FIFA cada vez mais fragilizada

A FIFA foi abalada por um escândalo de corrupção em maio, a dois dias da reeleição de Blatter, num processo aberto pela justiça dos Estados Unidos e que levou a acusações a 14 dirigentes e ex-dirigentes.

No início de Junho, Blatter apresentou a demissão, abrindo o caminho para novas eleições, marcadas para 26 de Fevereiro.

Além de Platini, são também candidatos à presidência da FIFA o príncipe jordano Ali bin Al Hussein, antigo vice-presidente da FIFA, o sul-coreano Chung Mong-Joon, também antigo vice-presidente da FIFA, e o ex-futebolista brasileiro Zico.

Fonte: Record.xl.pt

Siga-nos por email

Subscreva:

Desenvolvido por FeedBurner

loading...