Fernando Santos e os 200 mil euros por mês

Gomes e Santos já falavam há algum tempo da renovação.

Sem derrotas em jogos oficiais e o primeiro título conquistado pela selecção, em toda a história do futebol português, dificilmente Fernando Santos não continuaria ao leme da equipa nacional. Dito e feito, ontem a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) oficializou a renovação de contrato com o engenheiro campeão europeu e aumentou-lhe o vencimento para perto do dobro, apurou o JN junto de fonte próxima do processo.

De acordo com o comunicado divulgado no site oficial da FPF, o novo vínculo terá a duração de quatro temporadas, até ao fim do Euro 2020, onde Portugal defenderá o título conquistado há pouco mais de uma semana, em França. O período estabelecido coincidirá com o mandato de Fernando Gomes, que foi recentemente reeleito para a presidência do organismo que tutela o futebol português.

Foto: TSF

Na mesma nota, é também revelado que tanto o líder da FPF, como o seleccionador nacional, estarão presentes numa conferência de Imprensa agendada para amanhã, às 12 horas, na Cidade do Futebol. No evento deverá ser traçado o objectivo para o Mundial 2018, na Rússia.

Em relação ao vencimento, pelo que conseguimos apurar, Santos viu o ordenado melhorado para quase o dobro. Até ao fim do Euro 2016, o treinador nacional recebia 120 mil euros mensais (quase 1,5 milhões anuais). Agora, com o novo contrato firmado, fonte próxima do processo assegurou ao JN que a verba passará para pouco mais de 200 mil euros por mês (cerca de 2,5 milhões por ano).

Chineses ofereciam mais

Estes valores não deixam, no entanto, de ser muito inferiores à proposta que Fernando Santos terá, alegadamente, recebido da China. O Beijing Guoan terá oferecido oito milhões de euros por dois anos de contrato ao treinador que, ainda assim, não se deixou encantar pelos números. Comprova, ao aceitar renovar pela FPF por um valor consideravelmente mais baixo, que está comprometido a 100% com o projecto que lhe foi apresentado pelo presidente Fernando Gomes.

Fonte: JN

Siga-nos por email

Subscreva:

Desenvolvido por FeedBurner

loading...