Isto é democracia na Turquia!! Ainda querem que a Turquia entre para a União Europeia?

Um estudante que chamou “ditador” ao actual Presidente turco Recep Tayyip Erdogan, quando este assumia o cargo de primeiro-ministro da Turquia, foi condenado esta semana a 14 meses de prisão, divulgou nesta sexta-feira a imprensa local.

Foto: Noticias ao Minuto
Aykutalp Avsar, um estudante de Engenharia de 23 anos, foi detido na quinta-feira pela polícia turca e enviado para a prisão para cumprir a sentença, confirmada no dia anterior pelo Supremo Tribunal turco, segundo avançou o diário Hurriyet.

O jovem, membro de uma organização juvenil de esquerda, participou em Junho de 2013 em protestos em Gezi contra o Partido Justiça e Desenvolvimento (AKP, islâmico conservador) e o então primeiro-ministro Erdogan.

Aykutalp Avsar foi condenado por “incitação ao ódio contra altos responsáveis” por ter proferido frases de ordem como “Abaixo a ditadura do AKP” e “O ditador Tayyip deve prestar contas”.

O caso de Aykutalp Avsar é um dos muitos processos judiciais que foram instaurados contra cidadãos que criticaram Erdogan e o respectivo Governo.

Em Fevereiro passado, um tribunal de menores da cidade de Antalya aplicou a mesma sentença a um estudante de bacharelato de 17 anos, cuja participação em protestos foi considerada como uma acção de “incitação ao ódio”. Por ser menor, a pena seria reduzida para sete meses de prisão e posteriormente foi suspensa.

Um dos casos mais mediáticos esteve relacionado com a designer Merve Buyuksaraç. A antiga Miss Turquia (2006) partilhou nas redes sociais um poema satírico sobre um político que era retratado como um ladrão.

O nome do político não era mencionado no texto, mas existiam referências a vários casos de corrupção atribuídos a Erdogan.

Fonte: IOnline

Siga-nos por email

Subscreva:

Desenvolvido por FeedBurner

loading...