Minipreço vendeu leitão com larvas

Um cliente do Minipreço de Perafita, Matosinhos, comprou um bocado de leitão que tinha larvas. Só em casa é que deu conta e fez um vídeo, que publicou no Facebook. O caso passou-se na quarta-feira.

Foto: JN
Foto: JN
Foto: JN
João Pedro Lopes contou ao JN que, quando foi reclamar do sucedido, na manhã desta quinta-feira, encontrou na loja três inspetores da Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE).

Uma fonte do departamento de relações exteriores do Grupo Dia, que detém aquela cadeia de supermercados, referiu ao JN que "houve um incidente na loja", tendo sido "aberto um inquérito interno para apuramento de toda a situação". No entanto, não nos confirmou a presença da ASAE.

Responsável pelo departamento de relações institucionais da empresa JP Sá Couto, cujas instalações são perto daquela loja, João Pedro Lopes pagou seis euros pelo leitão. Também comprou frango, mas nem lhe tocou, apesar de "aparentemente estar bom". Foi tudo para o lixo.

O cliente sublinhou que foi muito bem atendido pela funcionária da charcutaria. "Pedi-lhe que juntasse duas ou três coxas de frango e fui fazer outras compras. Quando cheguei, a senhora foi muito simpática ao entregar o leitão. E eu fui para a caixa", contou.

O problema foi quando chegou a casa, na Apúlia, 40 quilómetros depois. "Quando vou a abrir a saca... está no vídeo. Quando vou a abrir a saca... Nossa Senhora", reforçou.

João Pedro deixou queixa no livro de reclamações e lamenta que não lhe tenham devolvido o dinheiro nem pedido desculpas. "Leitão, nos próximos tempos, não quero", garante.

Fonte: JN

Siga-nos por email

Subscreva:

Desenvolvido por FeedBurner

loading...