loading...

Cuidado com os romenos nas paragens e nos sinais. Será verdade?

"Aviso da psp com pedido de encaminhamento

Se de noite te atirarem um ovo contra o parabrisas (o reconhecerás por a cor amarela, já que a clara talvez não a distingas): 

Mantem a calma e acelera

Não uses o limpa parabrisas

Jamáis deites água no parabrisas

Acelera e foje, que os ladrôes estâo por perto.

Mas sobretudo não percas os nervos usa o telemóvel, se for necessário.

Foto: JN
Explicação:

O ovo com água, ao unirse, formam uma substância viscosa como o leite, na qual te vai impedir de ver por onde vás, tapando a visão em cerca de 90% e serás forçado a parar por esse sitio onde circulas ai serás vítima de roubo. Esta é a última modalidade que os ladrões inventaram.

Aviso da psp com pedido de encaminhamento:

Cuidado com os romenos que estão nos sinais em braga, porto, coimbra, lisboa - máfias de leste.

Há dias 10 indivíduos deram um concerto de musica sinfónica em apoio aos emigrantes de leste no teatro gil vicente em coimbra. Depois de se apagarem as luzes para se dar inicio ao concerto, um deles sacou de uma metralhadora, enquanto os outros faziam a colecta dos bens e dinheiro transportado pelos espectadores.

Acabado o trabalho, fugiram pelos bastidores.

Alertadas as autoridades, qual não foi o espanto ao saber-se que este grupo tem dado concertos semelhantes noutras cidades de província com o mesmo resultado. Aconteceu na semana passada na av. Marechal gomes da costa no porto em plena luz do dia. Seriam umas 15:30. Um sujeito ao parar nos semáforos foi abordado por um indivíduo de leste, daqueles que costumam andar a tocar acordeão ou violino. O indivíduo tinha um ar simpático e abeirou-se dele a tocar o tal acordeão.

Ele decidiu dar-lhe 50 cêntimos, abriu o vidro e quando lhe estendeu a mão com a moeda, o indivíduo puxou-a violentamente e apontou-lhe imediatamente uma faca ao pescoço e obrigou-o a dar o telemóvel e a carteira, pondo-se imediatamente em fuga. Nenhum dos condutores dos carros à volta se apercebeu ou fez qualquer coisa para o ajudar.

A vítima dirigiu-se imediatamente a uma esquadra da polícia e contou o sucedido, onde, para espanto dele, foi informado de que já não era a primeira vez que isto acontecia, que já tinham cerca de 10 queixas de igual procedimento.

Penso tratar-se de uma rede organizada que também opera em lisboa, de pedintes profissionais. Se reparar bem, a maior parte deles nem sabe tocar devidamente o instrumento, servindo-se dele como método de abordagem para posteriormente assaltar o incauto condutor. Esta rede também se dedica ao tráfico de crianças e roubo de bebés.

Em espanha já houve algumas queixas que estes indivíduos de origem romena roubaram bebés do banco traseiro dos carros.

Enquanto um toca ao lado do condutor, um cúmplice vai por trás e rouba a criança, vendendo-as depois para pais que desejem adoptar noutros países. Passem este e-mail ao maior número de amigos e conhecidos e futuramente, tenham cuidado com estes indivíduos.

Tranquem sempre as portas e fechem os vidros quando eles se aproximarem e desconfiem do aspecto simpático, pois normalmente são perigosos criminosos.

Divulguem este e-mail o mais que puderem e ajudem-nos a combater esta praga, porque amanhã pode ser um de nós.

Por favor, envia a familiares e amigos.


Golpe dos ovos contra os pára-brisas é falso, diz PSP.

A PSP alertou os utilizadores das redes sociais para um falso aviso que tem circulado na Internet sobre um método de roubo atribuído às "máfias de Leste".

No falso aviso, dirigido aos condutores das zonas do Porto, Braga, Coimbra e Lisboa, é utilizado o símbolo da PSP e descrito um esquema em que os assaltantes atiram ovos contra os pára-brisas das viaturas, para que os automobilistas parem a marcha e, dessa forma, sejam vítimas de roubo. Há a menção de que tal prática é de "máfias de Leste", mais concretamente "grupos romenos".

Na passada semana, a PSP tinha reforçado também a falsidade de "alertas sobre possíveis grupos organizados de leste que se dedicam ao rapto e sequestro de crianças, nomeadamente na zona do Grande Porto".

"A PSP não tem conhecimento de situações semelhante às que são descritas, pelo que os alertas que têm vindo a ser difundidos por diferentes utilizadores das redes sociais não se confirmam. Por favor partilhem esta informação", referiu um post colocado na página oficial do Facebook da força policial.

Outro falso alerta diz respeito a "ucranianos" que cometeram um assalto aos espetadores de um concerto de música num teatro, em Coimbra, sob ameaça de metralhadora, e que atacam condutores nos semáforos.

Fonte: JN

Siga-nos por email

Subscreva:

Desenvolvido por FeedBurner

loading...