VERGONHA - Reclusas obrigadas a fazer sexo com chefes prisionais para adquirirem liberdade

Mais um caso vindo de Angola. Pois só mesmo em Angola.

"DENUNCIA PÚBLICA!

RECLUSAS NO ESTABELECIMENTO PRISIONAL DO KUANZA-SUL SÃO OBRIGADAS A FAZER SEXO COM OS CHEFES DOS RECURSOS HUMANOS E CONTROL PENAL PARA PODEREM SAIR EM LIBERDADE.

Foto: Agoraguenta
Segundo uma denúncia feita por um familiar de uma das vítimas, a sua sobrinha sai da cadeia com um filho de 4 meses de idade coisa impossível segundo os familiares sendo que a Santa como é chamada ficou 4 anos privada de liberdade e quando sai e para a agonia dos familiares com um filho nos braços recém nascido.

Foi mantido este segredo à todos principalmente a minha família pois me obrigaram a fazer um aborto sobre ameaça se não tirares vamos te envenenar, e mesmo assim não aceitei. Segundo ela, dormiu com 4 chefes em dias diferentes e como estava presa não tinha como me cuidar tomando pílulas e com toda certeza quem me engravidou foi o chefe do Recursos humanos de nome Dani dizia ela chorando.

Esta pratica que já é constante principalmente se a reclusa tiver uma boa aparência e bom corpo é obrigada a dormir com alguns chefes do Estabelecimento. Depois de cumprir a sua pena e quando o mandato de soltura é encaminhado para soltar um preso os chefes guardam e aliciam as reclusas, e só dão a soltura se em troca passar a noite com os chefes e se não aceitar muitas ficam presas por mas 1 ano ou meses, e caso a família reclamar no Tribunal eles alegavam que ela esta cumprir uma indisciplina por ter lutado ou roubado.

Peço a quem de direito que ponham fim a esta pratica pois para além de sermos abusadas sexualmente somos obrigadas a trabalhar como empregadas doméstica sem remuneração nas casas dos chefes que esta ao lado do Estabelecimento Prisional no bairro Jorge Boa Vida e na ausência da sua mulher e dos filhos nos obrigam dormir com eles sem camisinha em troca de comida.

FONTE: ANÓNIMO!!!"

Siga-nos por email

Subscreva:

Desenvolvido por FeedBurner

loading...