Sem táxis disponíveis, representantes dos táxis tiveram de ir ter com o ministro de Uber

Ao final desta manhã, quando os representantes dos táxis acordaram com o ministro do Ambiente uma reunião no ministério, não contaram com a dificuldade que teriam em deslocar-se.
Foto: Imprensa Falsa
“Táxi!”, gritou o Florêncio, que tinha cerca de dois mil táxis à frente dele, mas nenhum aceitou levá-lo. “Ó Florêncio tu desculpa-me lá, caral**, mas é que fod*-se, é para ficarmos aqui caral**, fod*-se”, explicou Simplício, taxista.

“Mas fod*-se, seu caral**, não sou eu que mando nesta merda, ó caral**!?”, ainda lembrou Florêncio. “Tens razão, Florêncio, mas fod*-se, caral**, começa a sair um e depois vão todos, ó caral**”, respondeu Simplício.

“As pessoas bem têm razão, que vocês são uns animais do caral**, mas eu quero é que vocês se fod**, porque já chamei um UBER”, anunciou Florêncio. “Agora livrem-se de o fod**, porque já há poucos”, acrescentou.

Siga-nos por email

Subscreva:

Desenvolvido por FeedBurner

loading...