ÚLTIMA HORA - EUA fazem ultimato a Angola

A imprensa Internacional, incluindo o jornal Português, o Expresso, acabam de anunciar o mais claro cerco, iniciado pelos EUA,ao Presidente Angolano, Jose Eduardo dos Santos e seus filhos, nomeadamente Isabel dos Santos, Jose Filomeno de Sousa dos Santos,Tchize dos Santos, entre outros,accionistas de bancos comerciais em Angola e no Estrangeiro, com vista a serem afastados dos mesmos bancos, em virtude da pratica de corrupção generalizada, caracterizada no incumprimento/violações sucessivas, das regras de compliance,(práticas de lisura entre bancos) por parte dos bancos Angolanos, situação que deixou verdadeiramente descontente o Departamento de Estado Norte Americano, em Washington, DC EUA, razão pela qual, o governo do presidente Barack Obama, agora quer primeiro observar os filhos de JES e todos os seus correligionários, em situação acima citada, afastados dos roubos dos dinheiros públicos de Angola, antes dos dólares evaporados do pais do sudoeste de África, serem devolvidos outra vez a Luanda.

Leia também: 

Por Orlando Fonseca | Miami/Florida - USA

Ficam assim, abrangidos nesta medida anunciada pelos EUA, traduzida em autentico ultimato a JES, todos os acionistas dos bancos Angolanos, com ligações políticas, ou cargos públicos, pessoas expostas politicamente(PEP), uma designação internacional, para classificar pessoas com funções políticas ou públicas.

Não e demais lembrar aos compatriotas, que recentemente a Reserva Federal dos EUA, emitiu um alerta a todos os bancos ao redor do planeta terrestre, com vista a notificarem todos os seus clientes, portadores de contas bancarias com mais de 250 mil dólares, e que não podem provar a sua proveniência legal, com vista a tais valores serem devolvidos para os seus países de origem.



Porem, todos os clientes que não poderem provar a proveniência legal do dinheiro em causa, verão certamente tal dinheiro congelado e, no caso Angolano, tais valores seriam mais tarde devolvidos ao futuro governo eleito, democrática e nominalmente pelos Angolanos, citando fontes do Expresso de Portugal e da Globo News do Brasil, pertencente a TV Globo.

Foto: Angola 24 Horas
Por essa razão, os mais de 24 milhões de Angolanos excluídos, corajosamente representados pela luta árdua, do jovem activista dos direitos humanos,jornalista,Rafael Marques de Morais, pelo seu ingente trabalho de investigação e denuncia, dos roubos de JES/seus filhos, ao mesmo tempo que me congratulo pessoalmente, pelas minhas denúncias públicas, várias vezes dirigidas para a Casa Branca em Washington, DC, de maneira pública e privada, expondo as incomensuráveis arbitrariedades do presidente JES, praticados contra os pobres de Angola, etc., em suma, todos os Angolanos patriotas, temos agora motivos para celebrar.

Uma vez que finalmente, o presidente Obama, escutou o nosso clamor, que na minha opinião representa o passo mais importante, para que os filhos de JES e vários dos seus correligionários, um dia como hoje seus movimentos, sejam verdadeiramente restringidos, dentro do espaço territorial dos países do mundo livre, se JES não iniciar imediatamente um diálogo serio, honesto e sem delongas, com todas as forças vivas em Angola, incluindo a UNITA,CASA-CE,PRS, Bloco Democrático, PDP-ANA e com toda a sociedade civil, com vista a consertar Angola que se encontra gravemente adoentada.



Leia também: 

Doutra forma, JES, pode continuar com a actual fraude eleitoral já em curso em Angola, para o pleito eleitoral de 2017, se o presidente de Angola quiser, porem com o actual cerco dos EUA, o qual poderia ser adicionado com outro tipo de ingredientes, quando vimos a China, um dos maiores aliados dos EUA, em negócios etc., China, que já se juntou a este cerco contra JES.

Quando na verdade, com a recente prisão na China, do Sr Sam Mpa,magnata Chinês, que era o principal intermediário dos negócios da China com JES, tendo servido como o principal distribuidor dos dinheiros da corrupção, roubados dos empréstimos da China a Luanda, de cujo o epicentro era a presidência da república de Angola, e uma vez que para apertar ainda mais este cerco ao ditador Angolano, podem ser colocados por cima da mesa, outras medidas adicionais a qualquer momento, conforme forem os movimentos de JES no terreno em Angola.

De facto,não estaria claro que no final do processo eleitoral fraudulento de 2017, JES governar sem dinheiro, ou sem reconhecimento dos países civilizados, adicionados ao facto de que o ancião Santos, poderia até correr o latente risco, de ser abandonado e entregue aos Angolanos, pelos seus próprios correlegionários,tendo em conta que o ditador, até lá já não representaria lucro para ninguém dentro do MPLA, ou particularmente para os generais Jose Maria, Bernardino e Kopelipa, ou Manuel Vicente, entre outros, que até lá já teriam visto as suas contas bancarias certamente congeladas cá fora.

De resto, está cada vez mais claro, que muitos correligionários de JES, poderiam começar a correr o risco de serem presos cá fora, com destaque para o seu vice-presidente, Sr Manuel Domingos Vicente, actualmente fugitivo, do processo criminal referente a corrupção, em que o Sr Vicente e acusado em Portugal, onde nunca compareceu para depor na justiça Lusa etc. etc.

Com este ultimato, dos EUA a Luanda, ficam também dissipados e encerrados, todos os esforços do actual governador do Banco Nacional de Angola, BNA Walter Filipe, que visavam convencer em vão, as instituições bancarias internacionais, incluindo uma visita feita recentemente pelo jovem governador, aqui em Washington DC,EUA,onde lhe foi transmitido pelas autoridades da única superpotência, do Globo terrestre, o presente recado a JES, que se traduziu num inédito ultimato ao regime corrupto de Luanda.

Agora JES, deveria andar depressa, na busca de uma "saída “viável, com vista a devolver voluntariamente ao erário público Angolano, os bilhões de dólares Norte Americanos, que eventualmente ainda estejam nos bancos Angolanos, detidos pelos seus filhos.

Ao mesmo tempo, o ancião Santos, deveria voluntariamente aceitar as práticas democráticas em Angola, numa altura em que já não pode mais partilhar responsabilidades sobre o calvário Angolano, com o Dr Jonas M.Savimbi, porque ele está morto.

Sendo que durante os 14 anos, do calar das armas JES, demonstrou aos Angolanos e ao mundo, particularmente aos EUA, que Eduardo dos Santos e muito pior que "Jonas Savimbi”, razão pela qual o regime Angolano, se juntou a Coreia do Norte e a Rússia, para juntos fazerem frente aos EUA, quando as recentes declarações do ditador Angolano, segundo as quais os EUA, são os principais responsáveis da instabilidade em África, são a prova mais do que indesmentível sobre o dito acima.


Leia também: 

JES, mal aconselhado pelos João Pintos, Bentos Kangamba entre outros, o ensinaram a seguir a esperteza, similar aos dos macacos, que quando encontram um caixão de bananas, primeiro iniciam comendo as bananas maduras, para terminarem com as verdes e, logo no dia seguinte lamentam por não terem o que comer.

Dito por outras palavras, as razões da presente crise económica/financeira, não são por causa da queda dos preços do crude nos mercados internacionais, se não dá má gestão de JES/seus filhos, que usam a corrupção generalizada/nepotismo, na governação, como uma das principais "ferramentas" etc etc, que levaram Angola aonde se encontra neste momento.

Mas agora, a bola está do lado de JES/seus filhos, numa altura em que na minha opinião, agora sim a agua pode começar a entrar na proa deste Titanic, dos Santista, que certamente terminaria no fundo do mar a dentro, se JES/seus filhos, não agirem hoje mesmo, quando o tempo não parece estar a favor de JES/seus filhos e seus seguidores imediatos.

Siga-nos por email

Subscreva:

Desenvolvido por FeedBurner

loading...