Bana Alabed de Alepo disse o último adeus

Criança de 7 anos ficou conhecida pelas muitas publicações no Twitter sobre o quotidiano em Alepo, mas as últimas mensagens na rede social estão a preocupar a internet.

A menina síria que tem vindo a relatar o dia-a-dia em Alepo despediu-se do mundo e está a preocupar as redes sociais. Bana Alabed, com apenas sete anos de idade, ficou conhecida por partilhar no Twitter o quotidiano em Alepo, cidade síria que a viu nascer e onde vive com a mãe e os irmãos mais novos.

Foto: NBC News
Mas as últimas publicações estão a preocupar as centenas de milhares de internautas que seguem o seu perfil.

A menina escreveu uma mensagem onde se despede do mundo e garante que continua debaixo de fogo intenso.

"Temos a certeza que o exército nos vai capturar agora. Vemo-nos noutro dia, querido mundo. Adeus", escreveu a mãe de Bana, -Fatah, no domingo.

Esta segunda-feira, Fatemah escreveu, numa publicação que termina com a palavra "adeus", que continuam a ser atacadas e que "parece morrer a cada minuto". 

O perfil do Twitter de Bana Alabed é gerido pela mãe e a criança já tem mais de 200 mil seguidores.

As pessoas que seguem os relatos da menina síria estão preocupadas com o seu desaparecimento e manifestam, através da rede social, o desejo de notícias.



Entre os milhares de seguidores, a jovem contou com o apoio da autora de Harry Potter. J.K. Rowling enviou livros para Bana depois de ter visto uma publicação onde a menina e os irmãos estavam a ver um dos filmes da saga e, a mãe, escreveu que os filhos gostavam de puder ler os livros de Harry Potter.

No dia 1 de dezembro, Bana estava doente, sem assistência médica e temia que a morte pudesse chegar antes de uma bomba atingir o local onde estava com a família.

Fonte: TVI24

Siga-nos por email

Subscreva:

Desenvolvido por FeedBurner

loading...