loading...

Lucros da Jerónimo Martins de 380 milhões

A facturação da Jerónimo Martins no ano passado ascendeu a cerca de 14,6 mil milhões de euros.

O Grupo Jerónimo Martins encerrou o ano de 2016 com resultados líquidos de 593 milhões de euros.

Foto: Sul Informação
Numa base comparável, sem incluir o impacto da venda da Monterroio, os lucros do grupo nacional de distribuição cifraram-se em 361 milhões de euros, o que representou um crescimento de 14,5% face a 2015.

Estes lucros irão permitir a distribuição de 380,2 milhões de euros pelos accionistas da Jerónimo Martins, o que irá corresponder a 0,605 euros por acção, em termos de valor bruto, após uma proposta que administração vai apresentar na próxima assembleia geral.

As vendas da Jerónimo Martins em 2016 atingiram um montante de 14,6 mil milhões de euros, o que significou uma subida de 9,8% a uma taxa de câmbio constante.

O ‘cash-flow’ do grupo atingiu 718 milhões de euros, valor que inclui a verba da referida alienação da Monterroio.

Também o EBITDA subiu, de 800 para 862 milhões de euros.

A posição líquida de caixa do grupo fixou-se em 335 milhões de euros no final do ano passado.

Siga-nos por email

Subscreva:

Desenvolvido por FeedBurner

loading...