loading...

Salazar nem precisava da PIDE, com José Eduardo Moniz

Censura: “Com José Eduardo Moniz, Salazar nem precisava da PIDE” Diogo Freitas do Amaral, o ex-ministro dos Negócios Estrangeiros e da Defesa, fez a inconfidência no segundo jantar-debate Rostos da Portugalidade no Café Martinho da Arcada.

Foto: CF
Um dia, Adriano Moreira, que foi ministro do Ultramar de Salazar, comparou o ex-director de Informação da RTP José Eduardo Moniz à polícia política do Estado Novo: a inconfidência foi feita por Diogo Freitas do Amaral, ex-ministro dos Negócios Estrangeiros e da Defesa, no segundo jantar-debate Rostos da Portugalidade no Café Martinho da Arcada, em Lisboa.

O antigo presidente da Assembleia Geral das Nações Unidas afirmou que, nos tempos da maioria governamental de Cavaco Silva raramente alguém da oposição aparecia na RTP. "Quem é que manipulou tudo isto durante anos a fio?", interrogou.

E respondeu logo a seguir: "Um grande director de Informação mas totalmente autoritário chamado José Eduardo Moniz. Punha tudo a favor do governo e desfazia a imagem da oposição, ao ponto de o doutor Adriano Moreira me dizer, uma vez: ‘Se esse rapaz estivesse na RTP no tempo do dr. Salazar ele nem tinha precisado da PIDE."

Siga-nos por email

Subscreva:

Desenvolvido por FeedBurner

loading...