loading...

Lídia Franco fugiu da Polícia durante anos. A história escondida… Até agora!

Fez limpezas, passou fome, andou a fugir da polícia e voltou para Portugal gravemente doente. Esta é a história da conhecida actriz Lídia Franco.

É um dos rostos mais conhecidos e respeitados do pequeno ecrã. Alinhou em diversas telenovelas e Portugal ficou a conhecer o seu talento humorístico nos anos 80, altura em que trabalhou com Herman José nos programas “O Tal Canal”, “Hermanias” e “Humor de Perdição”. Atualmente, brilha na ficção nacional da TVI, vestindo a pele da maquiavélica Mina, d’A Única Mulher.


Lídia Franco, de 72 anos, tem, hoje, uma vida confortável, mas nem sempre foi assim. Na verdade, o público português está longe de imaginar a história da atriz, que esteve à conversa com a TV7 Dias, fazendo revelações surpreendentes. Em pleno regime fascista, Lídia, então com 18 anos, decidiu fugir de casa, sustentando-se com um ordenado fixo como bailarina da Gulbenkian.

Os problemas começaram quando a companhia decidiu “contratar uma senhora para cuidar da moral das bailarinas”. “Quando ela descobriu que eu tinha fugido da casa dos meus pais ameaçou-me: ‘ou volta para lá ou é despedida’. Foi a gota de água”, contou. Sem solução à vista e apaixonada, fugiu do país. Sem documentação legal, Lídia e o namorado tiveram de “arriscar”. “Andámos fugidos às autoridades durante muito tempo”, reconheceu.

Mesmo grávida, nunca se arrependeu da decisão tomada. “Foram cinco anos difíceis. Comia arroz e água, mas as coisas são mesmo assim”, sublinhou. Quando voltou para Portugal, caiu “no abismo”. “Vinha de tempos muito difíceis . Acabei por ir abaixo”, revelou a atriz, que esteve em depressão profunda.

“Cheguei a tomar mais de 50 comprimidos por dia”, acrescentou, assegurando que “não há nenhum sofrimento físico que chegue ao sofrimento psíquico”. A salvação viria a chegar pela mão do conhecido psiquiatra português Daniel Sampaio, que a acompanhou ao longo de cinco anos, ajudando-a a ultrapassar os problemas.

Fonte e Foto: Tugalandia

Siga-nos por email

Subscreva:

Desenvolvido por FeedBurner

loading...