loading...

ÚLTIMA HORA - Estudantes portugueses expulsos de Espanha

Estância em Torremolinos ficou com "milhares de euros" em estragos.

O hotel espanhol em Torremolinos onde estavam hospedados entre 800 e mil estudantes portugueses que foram expulsos por vandalizar as instalações afirma que nunca se vira "nada igual" ao que aconteceu.

Em causa está a destruição de azulejos, de colchões que foram atirados pelas janelas, o esvaziamento de extintores nos corredores e até houve pelo menos um televisor que foi parar dentro de uma banheira, escreve este sábado o jornal El País.

Foto: Thomson
O total dos danos não foi ainda apurado, mas ascenderá a "milhares de euros", segundo a polícia local.

Fonte do hotel Pueblo Camino Real confirmou à Lusa que "muitas coisas" foram destruídas. "Temos muito prejuízo, mas só vamos falar sobre isso na segunda-feira", numa conferência de imprensa.

O hotel localiza-se em Los Álamos, uma zona de Torremolinos, perto de Benalmádena.

Por seu turno, o secretário de Estado das Comunidades, José Luís Carneiro, disse que os serviços consulares já estão a acompanhar o caso e que os estudantes "encontram-se bem".

Segundo o secretário de Estado, a empresa que organizou a viagem "tinha seguro", mas o hotel em questão "entende que o seguro não é suficiente para cobrir" os danos causados.

A polícia portuguesa está a acompanhar o caso em colaboração com as autoridades espanholas.

Milhares de estudantes do ensino secundário portugueses estão em várias localidades do sul de Espanha em viagens de finalistas.

Benalmádena, Marina D'Or e Punta da Umbria são alguns dos destinos escolhidos.

Fonte: DN

Siga-nos por email

Subscreva:

Desenvolvido por FeedBurner

loading...