loading...

Pedófilo afirma ter morto Maddie Mccann

Aaron Collis, pedófilo condenado, disse à polícia britânica que tinha matado Madeleine McCann porque lhe dava gozo e prejudicava a investigação. Em 2011, o jovem, de 24 anos, ficou detido num hospital psiquiátrico por admitir ter abusado sexualmente de 11 crianças ao longo dos últimos dois anos.


Foi no mesmo hospital que Aaron criou um site onde escreveu que matou Madeleine, depois de ter visto a menina durante uma visita a França, em 2007. A afirmação do rapaz não era verdade, confessando que as razões pelas quais mentiu foram para servir os seus próprios propósitos.

"Fi-lo para causar problemas à polícia porque me dava gozo", salientou o homem, ao jornal da sua terra, Cambridge News. "Prefiro que as pessoas me odeiem do que nada. Não quero que as pessoas pensem que sou insignificante", disse o condenado ao mesmo jornal. A criação do site, teve também o propósito de entrar em contacto com Kate e Gerry McCann, pais da jovem desaparecida em 2007, na praia da Luz, em Lagos.

De acordo com a BBC, Collis admitiu durante a prisão, mais 12 crimes em 2012. A vítimia mais jovem de Aaron Collis tinha menos de dois anos.

Fonte e Foto: Correio da Manhã

Siga-nos por email

Subscreva:

Desenvolvido por FeedBurner

loading...