loading...

ÚLTIMA HORA - Recebem até 2000 euros para terem acidentes

Indivíduos lançam carros contra muros ou de ribanceiras abaixo para serem indemnizados

Usam equipamento de proteção, como um blusão, luvas ou capacete e não hesitam em despistar-se para enganar as seguradoras. Segundo o Jornal de Notícias, há membros de redes altamente profissionalizadas - uma entretanto já desmantelada, que terá simulado cerca de 60 acidentes - que provocam acidentes para receber o dinheiro do seguro.

Foto: RP Associados
Segundo o JN, estas redes chegam a pagar 2000 euros a indivíduos que lançam os carros contra muros ou de ribanceiras abaixo. Normalmente, estes condutores estão ao volante de carros de gama média alta que têm seguro de danos próprios, conhecidos como seguros contra todos os riscos. Por norma, os automóveis são roubados ou adquiridos como salvados, sendo alterados os números de motores e chassis.

Depois do acidente, participado ao seguro, os donos dos automóveis e os condutores são indemnizados. Em alguns casos, os carros eram novamente adquiridos como salvados e o processo de fraude recomeçava do zero, com novos sinistros encenados.

Devido a situações como esta e fraudes também nos seguros de habitações e empresas, a Associação Portuguesa de Seguradores estima que os sinistros suspeitos possam envolver verbas na ordem dos 160 milhões de euros. Mas as seguradoras conseguem provar apenas uma pequena fatia das burlas: 13% no ramo automóvel, indicam os números citados pelo JN.

Fonte: JN

Siga-nos por email

Subscreva:

Desenvolvido por FeedBurner

loading...