loading...

Conhece e Ubeam? Pois devia. Já é considerada a revolução tecnológica do século

A Ubeam conta com 30 funcionários e até hoje já conseguiu angariar 26 milhões de dólares (cerca de 23 milhões de euros) em financiamento através de investidores como Marissa Mayer (CEO da Yahoo), Marc Andreessen (presidente da Opsware), e Mark Cuban (dono dos Dallas Mavericks).

A Ubeam é uma startup tecnológica fundada por Meredith Perry em 2011, numa garagem.

A empresa promete revolucionar o mundo com carregadores sem fios e sem a necessidade de o aparelho estar em contacto com o próprio carregador.

Foto: Tech Xplore
Desde a fundação da startup, as controvérsias já foram muitas, incluindo uma acusação de um antigo engenheiro da Ubeam, que escreveu num post que tudo o que fora prometido por Meredith Perry não ia ser concretizado. Mas, ao que parece, a startup provou a este antigo funcionário de que estava errado, quando numa reportagem do USA Today, a CEO da empresa mostra vários telemóveis a carregarem com esta tecnologia como prometido: sem cabos e a cerca de um metro de distância.

A Ubeam conta com 30 funcionários e até hoje já conseguiu angariar 26 milhões de dólares (cerca de 23 milhões de euros) em financiamento através de investidores como Marissa Mayer (CEO da Yahoo), Marc Andreessen (presidente da Opsware), e Mark Cuban (dono dos Dallas Mavericks), que se referiu ao conceito como uma “ideia de zilhão de dólares.”

O transmissor tem grande caixa branca que fica no meio de uma sala ou pode também ser montado no teto. Emite ondas sonoras de alta frequência que não são detectáveis nem pelo ouvido humano nem pela maioria dos mamíferos, explica a empresa no site oficial. A tecnologia é segura mas Meredith diz que vão ser feitos mais testes externos para provar que a Ubeam é “100% segura”.


No entanto ainda há grandes limitações a esta tecnologia: as ondas não podem atravessar paredes, pessoas ou outros objetos, como por exemplo roupa.

O transmissor pode carregar vários telefones ao mesmo tempo, se estiverem a uma distância de cerca de três metros. O objetivo da Ubeam é, eventualmente, ser capaz de carregar dispositivos enquanto as pessoas estão num open space.

Meredith Perry acredita totalmente no potencial da tecnologia mas sabe que a Ubeam não vai estar à venda ao publico durante, pelo menos o próximo, ano.

Siga-nos por email

Subscreva:

Desenvolvido por FeedBurner

loading...