loading...

TANCOS - Granadas de mão e munições roubadas

Cerca de uma centena granadas de mão e munições desapareceram nas instalações militares dos Paióis Nacionais de Tancos, revelou o Exército.

Granadas de mão ofensivas e munições de calibre 9 milímetros desapareceram de dois paiolins nas instalações militares dos Paióis Nacionais de Tancos, revelou esta quinta-feira o Exército.


Em comunicado, o Exército afirmou que foi detectada quarta-feira ao final do dia a violação dos perímetros de segurança dos Paióis Nacionais de Tancos e o arrombamento de dois paiolins.

Fonte do ramo contactada pela Lusa adiantou que até ao momento foi detectada a falta de “cerca de uma centena” de granadas de mão ofensivas. “Os incidentes foram detectados por uma ronda móvel, elemento do sistema de segurança dos Paióis”, refere o comunicado.

A Polícia Judiciária Militar foi chamada ao local e iniciou averiguações, dando conhecimento ao Ministério Público e à Polícia Judiciária. O ministro da Defesa, Azeredo Lopes, já foi informado sobre o furto, adianta o comunicado.

Leia o comunicado do Exército na integra:

O Exército informa que foi detectada ontem ao final do dia a violação dos perímetros de segurança dos Paióis Nacionais de Tancos, à qual se associa o arrombamento de dois paiolins. Verificou-se o desaparecimento de material de guerra, especificamente granadas de mão ofensivas e munições de calibre 9 milímetros. Os incidentes foram detectados por uma ronda móvel, elemento do sistema de segurança dos Paióis. A Polícia Judiciária Militar foi chamada ao local, tomou conta da ocorrência e iniciou averiguações, tendo já sido informado o Ministério Público e a Polícia Judiciária. O Chefe de Estado-Maior do Exército, General Rovisco Duarte, informou SExa o Ministro da Defesa que acompanha o desenrolar das investigações.”

Fonte e Foto: Observador

Siga-nos por email

Subscreva:

Desenvolvido por FeedBurner

loading...