Paulo Portas apanhado em 1995 em acto sexual no carro


"Caro bar do alcides,

Esta história que envio é verídica, foi-me contada pelo Sub-Chefe da psp-Benfica em 1995.

Vou contar-lhes um facto real que aconteceu em 1995 ao Sr. Paulo Portas ( então editor do semanário “ O Independente ). Numa madrugada do ano de 1995, na Avenida de Ceuta - Lisboa, uma patrulha da psp, pára ao lado de um carro, e detém em flagrante dois homens em acto sexual.


Foto: Bar do Alcides


Até ai nada demais!!!

Nesta zona a prostituição masculina é comum.

Mas para grande surpresa dos agentes da psp, encontram uma personalidade pública ( o Sr. Paulo Portas ), que é detida de imediato e levada para a esquadra de benfica.

Sem saberem o que fazer com este Sr., chamam o Ministro da Administração Interna de então, o Sr. Dias Loureiro.

Foto: Bar do Alcides

Nesta altura, 1995, o jornal “ O Independente “ atacava sistematicamente o Governo de Cavaco Silva.

Com conhecimento de Cavaco, Dias Loureiro faz chantagem com Paulo Portas, e ameaça tornar público o escândalo se o Jornal o Independente não mudar a sua linha editorial e deixar de atacar o Governo de Cavaco Silva.

Como isso aconteceu, não se tornou pública esta história.

Estes factos são apenas conhecidos por 9 pessoas: 
  • os dois agentes que detiveram portas.
  • Dias Loureiro.
  • Cavaco Silva.
  • o Chefe da Esquadra da psp.
  • eu, e mais 3 pessoas que não identificarei.
Tenho perfeita noção que a divulgação deste facto em nada irá alterar a situação do país, mas dá-me imenso gozo chatear este senhor Paulo Portas.

Assina um cidadão"

Siga-nos por email

Subscreva:

Desenvolvido por FeedBurner

INFORMAÇÃO

Algumas fotografias utilizadas neste blog e alguns artigos são provenientes de outras fontes como Jornais, Revistas, Blogues, órgãos de comunicação social, bases fotográficas estrangeiras e motores de busca. Todos os artigos tem a fonte da foto e da noticia no final do mesmo. Se alguma entidade se sentir lesada ou não permitir a utilização de algum conteúdo utilizado neste sítio comunique-nos, por favor, e prontamente será retirado.