Loading...

DROGAS mancham cada vez mais o mundo do rap



Gustav Åhr, mais conhecido pelo nome artístico Lil Peep, morreu aos 21 anos e tudo indica que terá sido por causa do abuso de drogas. O rapper publicara, horas antes da sua morte, um vídeo no Instagram em que dizia que tinha tomado medicamentos e outras substâncias, mas que estava bem. O seu manager, Adam Grandmaison, confirmou ao The Guardian que o cantor foi levado para o hospital e que acabaria por morrer.

Depois de lançar uma série de canções, Lil Peep estreou, em Agosto, o primeiro álbum, Come over when You're sober (Part One). O disco valeu-lhe o reconhecimento do mundo do rap. As músicas, muitas delas sobre drogas e depressões, eram uma mistura de hip-hop com elementos do punk, trap e emo, descreve o jornal português Blitz, especializado em música.

Foram muitos os cantores que homenagearam o Lil Peep nas redes socias. O produtor musical Marshmello, e os músicos Diplo e Post Malone expressaram condolências no Twitter dizendo que o rapper “tinha muito mais para dar”, descrevendo-o como “um bom amigo” e sustentando que “a sua música mudou o mundo”.

A revista Billboard recorda o percurso do cantor, que cresceu em Long Beach, Nova Iorque, escrevendo que tinha “uma carreira promissora pela frente” e que “o seu exército de fãs crescia cada vez mais”.

Fonte e foto: Público
loading...

Siga-nos por email

Subscreva:

Desenvolvido por FeedBurner

INFORMAÇÃO

Algumas fotografias utilizadas neste blog e alguns artigos são provenientes de outras fontes como Jornais, Revistas, Blogues, órgãos de comunicação social, bases fotográficas estrangeiras e motores de busca. Todos os artigos tem a fonte da foto e da noticia no final do mesmo. Se alguma entidade se sentir lesada ou não permitir a utilização de algum conteúdo utilizado neste sítio comunique-nos, por favor, e prontamente será retirado.