Poderá ter interesse em ler:

loading...

Cabras sapadoras limparam meio hectare de terreno num mês



As 30 cabras anãs que foram colocadas à prova nas suas capacidades de contribuir para uma limpeza eficaz das matas, num terreno em Fiães, Santa Maria da Feira, "limparam", no espaço de um mês, cerca de meio hectare de terreno.

O projecto-piloto designado de "gestão de combustíveis florestais com recurso a cabras sapadoras", que se iniciou no terreno em Março, foi proposto à Câmara Municipal por uma engenheira zootécnica e conta com a parceria da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira, Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) e Associação de Desenvolvimento Rural Integrado das Terras de Santa Maria (ADRITEM).

A experiência só termina ao fim de três meses, mas decorrido o primeiro mês há já resultados que deixam os organizadores da iniciativa, "bastante satisfeitos".

"Elas [as cabras sapadoras] tinham duas parcelas de terreno para limpar". "A primeira está totalmente limpa e já passaram para a segunda parcela há cerca de uma semana onde também já se nota uma grande diferença no terreno", explicou, ao JN, a engenheira zootécnica responsável, Ana Catarina Fontes, que representa a "Back to Basic - centro de envolvimento com a natureza".

A responsável pelo projecto lembrou que o primeiro mês, "foi complicado", porque, "elas não gostam de trabalhar à chuva". "Mas com a melhoria do tempo têm dado um maior rendimento", adiantou.

"Estou muito satisfeita com os resultados, porque as cabras sapadoras estão a portar-se muito bem e a ingestão de matéria está a corresponder ao previsto", disse Ana Catarina Fontes.

A este ritmo o terreno, com uma área total de um hectare, deverá ficar limpo de matéria combustível antes do final dos três meses. Contudo, as cabras deverão na fase final do projeto voltar à primeira parcela, ao longo de uma semana, para consumirem os pequenos rebentos de vegetação que, entretanto, possam ter brotado.

Os resultados estão também a ser positivos no que respeita ao peso corporal das cabras, outro dos parâmetros que está a ser monitorizado.

"Elas estão a ganhar peso naturalmente e só ingerem suplemento à noite", "sinal de que esta é também uma alimentação válida", disse a engenheira zootécnica.

Todos estes elementos serão compilados e alvo de uma análise científica para determinar com maior rigor o tempo necessário para limpar uma determinada área com recurso a cabras sapadoras ou a máquinas.

"Pretende-se efectuar um estudo científico que fundamente a criação do serviço de gestão de combustíveis", explicou a técnica.

Fonte e Foto: JN
loading...

Siga-nos por email

Subscreva:

Desenvolvido por FeedBurner

INFORMAÇÃO

Algumas fotografias utilizadas neste blog e alguns artigos são provenientes de outras fontes como Jornais, Revistas, Blogues, órgãos de comunicação social, bases fotográficas estrangeiras e motores de busca. Todos os artigos tem a fonte da foto e da noticia no final do mesmo. Se alguma entidade se sentir lesada ou não permitir a utilização de algum conteúdo utilizado neste sítio comunique-nos, por favor, e prontamente será retirado.