Poderá ter interesse em ler:

loading...

EUA abandonam acordo com Irão para evitar



O anúncio feito por Donald Trump já era esperado. O presidente norte-americano falou num acordo "decadente e podre". Espera-se uma reacção do Irão ainda esta terça-feira.

A decisão de Donald Trump era a esperada. O presidente anunciou que os Estados Unidos vão abandonar o acordo nuclear com o Irão, que tinha sido assinado em 2015 durante a presidência de Barack Obama. 

O presidente norte-americano começou por dizer que o acordo deveria "proteger os Estados Unidos e os aliados da loucura de uma bombardeamento nuclear" por parte do Irão. 

Algo que Trump considera que não aconteceu. O chefe de Estado disse que tem provas de que este acordo "é uma mentira". "É um acordo decadente e podre", afirmou Trump.

O presidente disse que o acordo era "horrível" e que "nunca deveria ter sido assinado". "Não trouxe paz, nem vai trazer", realçou.

"Um acordo construtivo podia ter sido assinado na altura mas não foi. O acordo foi tão mal negociado que mesmo que o Irão o cumpra pode estar à beira de ter armamento nuclear", acrescentou Donald Trump.

"Se não fizermos nada, não sabemos o que pode acontecer", disse Trump antes de referir um dos seus grandes receios sobre este acordo. "Se permitisse que o acordo se mantivesse poderíamos ter um corrida às armas nucleares no Médio Oriente".

Trump salientou ainda que os Estados Unidos "não vão ser feitos reféns de chantagem nuclear". 

As medidas que Washington vai tomar

O presidente norte-americano insistiu que as ameaças norte-americanas "não são vazias". Depois anunciou que os Estados Unidos vão avançar com "poderosas sanções" contra o regime iraniano e indicou que "qualquer país que tente desenvolver armas nucleares pode ser sancionado".

Adiantou ainda que um dos objectivos de Washington passa por "eliminar o programa de mísseis balísticos" iranianos.

Entre várias críticas ao regime iraniano, Trump mostrou disponibilidade para assinar um novo acordo. "Se eles se recusarem a negociar um novo acordo tudo bem. Mas eles vão querer assinar um novo acordo". 

Donald Trump nunca escondeu que não concordava com o acordo nuclear com o Irão. Por diversas vezes, demonstrou o seu desagrado pelo acordo estabelecido e deixou críticas às cedências feitas por Obama.

Os meios estatais iranianos estão a avançar que o presidente Hassan Rouhani vai reagir a esta decisão ainda esta terça-feira.

Também está prevista uma reunião de Merkel, May e Macron para analisar esta decisão de Trump.

Esta decisão dos Estados Unidos vai aumentar ainda mais a tensão no Médio Oriente.

Fonte e Foto: Noticias ao Minuto
loading...

Siga-nos por email

Subscreva:

Desenvolvido por FeedBurner

INFORMAÇÃO

Algumas fotografias utilizadas neste blog e alguns artigos são provenientes de outras fontes como Jornais, Revistas, Blogues, órgãos de comunicação social, bases fotográficas estrangeiras e motores de busca. Todos os artigos tem a fonte da foto e da noticia no final do mesmo. Se alguma entidade se sentir lesada ou não permitir a utilização de algum conteúdo utilizado neste sítio comunique-nos, por favor, e prontamente será retirado.