Loading...

209 mil euros, só para aquecer... Viva a fartura e a má gestão...



Isto aconteceu em 2011 e continuamos a mostrar, que o problema tem pernas longas.

"Grupo de trabalho custou 209 mil euros e reuniu-se uma vez em 14 meses.

"Cinco pessoas, incluindo três ex-directores regionais de Cultura, dizem que não tiveram condições. MC acusa-as de improdutividade".

Grupo devia fazer o levantamento, por exemplo, dos "eventos festivos" Os ministros da Cultura e das Finanças extinguiram o grupo de trabalho que haviam criado um ano antes, para fazer o levantamento dos bens culturais imateriais, mas que apenas se reuniu uma vez e não desenvolveu qualquer actividade de campo.


Dois dos membros daquele grupo, que custou ao Estado cerca de 209 mil euros, acusam o Instituto dos Museus e da Conservação (IMC) de nunca ter proporcionado as condições indispensáveis ao seu funcionamento. Um deles, o ex-director regional de Cultura de Lisboa e Vale do Tejo, Luís Marques, responsabiliza pessoalmente o secretário de Estado da Cultura, Elísio Sumavielle, pelo falhanço do projecto e por ter "lesado o interesse público".

Os três ex-directores, a acreditar nas "informações" avulsas que subscreveram em substituição dos relatórios trimestrais que o grupo estava obrigado a produzir, não fizeram praticamente nada até serem exonerados na sequência da extinção formal da equipa, no dia 12 do mês passado."

Mais uma triste história para os portugueses, mas com um final feliz para os que embolsaram 209 mil euros, sem fazer nada... Despesismo a todo o custo. 

Fonte e foto: Apodrecetuga
loading...

Siga-nos por email

Subscreva:

Desenvolvido por FeedBurner

INFORMAÇÃO

Algumas fotografias utilizadas neste blog e alguns artigos são provenientes de outras fontes como Jornais, Revistas, Blogues, órgãos de comunicação social, bases fotográficas estrangeiras e motores de busca. Todos os artigos tem a fonte da foto e da noticia no final do mesmo. Se alguma entidade se sentir lesada ou não permitir a utilização de algum conteúdo utilizado neste sítio comunique-nos, por favor, e prontamente será retirado.