Loading...

ÚLTIMA - Pânico no Rock in Rio e com crianças e pessoas com deficiência



Uma dos milhares de festivaleiros diz ter ficado encurralada entre uma multidão de pessoas à saída do festival e queixa-se da organização.

Há concertos, festa e também multidões. Dentro e fora do recinto. Bárbara Alves da Costa, uma das milhares de pessoas que marcou presença, este domingo, no Rock in Rio, denunciou uma situação que considerou "surreal e assustadora" à saída do festival.

"Pela uma da Manhã saímos pela porta principal do Rock in Rio e chegámos a este entroncamento. Havia crianças pequenas, pessoas em cadeiras de rodas. Nenhuma saída e km de vedação com os polícias do outro lado", começou por explicar.

A 'festivaleira' fez mesmo questão de dar conhecimento do sucedido a Roberta Medina que, juntamente com o pai, Roberto Medina, organiza o festival.

"Uma situação de perigo ao ponto de haver pessoas a chorar ... cheguei a ligar para o 112 a pedir ajuda.... tudo a gritar para abrirem portões e nada", continuou, apelando para que tal não se repita, dizendo mesmo que ela e o seu grupo se sentiram "encurralados". 

Fonte e foto: Noticias ao Minuto
loading...

Siga-nos por email

Subscreva:

Desenvolvido por FeedBurner

INFORMAÇÃO

Algumas fotografias utilizadas neste blog e alguns artigos são provenientes de outras fontes como Jornais, Revistas, Blogues, órgãos de comunicação social, bases fotográficas estrangeiras e motores de busca. Todos os artigos tem a fonte da foto e da noticia no final do mesmo. Se alguma entidade se sentir lesada ou não permitir a utilização de algum conteúdo utilizado neste sítio comunique-nos, por favor, e prontamente será retirado.